Arrasa, Brasil!

Setembro é o mês de olhar para o Brasil de uma maneira diferente: esquecer as injustiças, o descaso político, a carga de impostos que ninguém consegue suportar, a criminalidade, a impunidade e tantas outras coisas que bloqueiam o lado bom que temos por aqui. Liberdade de expressão é uma delas e a Trash sabe muito bem como fazer isso virar uma festa. Uma, não, quase duas dezenas nesse mês, graças ao feriado no meio da semana e às invasões em outros bares e clubes de São Paulo.

Escolha a data e comemore o Brasil mais bacana que esse país tem para oferecer.

Trash 80′s Centro
no Clube Caravaggio

2/9 – Sexta – Brasil, Mostra a Tua Cara

Performances com a Trupe Trash
Apoio ao Dia Internacional contra a Homofobia
DJs: Eneas Neto e Omar
Trash Benê: com 2kg de alimentos não perecíveis (exceto sal ou açúcar), paga-se R$ 15 até à 1h
Um verdadeiro caleidoscópio brasileiro com a extensa variedade da cultura pop verde e amarela. A festa que abre o mês mostra o Brasil que todos queremos ver: cheio de alegria e energia. Os DJs fazem sets especiais com hits nacionais da década de 1980, no palco a Trupe Trash (corpo de baile e performances da Trash 80′s) relembra “uma grande novela que jamais será esquecida”, e nas telas rolam um clipping de tudo que foi importante no Brasil naquela época. A data ainda celebra o compromisso da Trash em enfatizar o não ao preconceito, com o apoio ao Dia Internacional Contra a Homofobia.

3/9 – Sábado –  Rock dos “Oitenta”
Os 50 primeiros ganham LPs roqueiros
Sorteios de DVDs de bandas de rock nacional
DJs: Eneas Neto e Nico
O fim da ditadura trouxe visibilidade para manifestações de uma então nova geração de artistas que tinham, pela primeira vez, acesso ao universo do pop rock mundial. O resultado foi uma criativa safra de bandas de rock, que cantavam em português para um publico sedento de novidades. Ultraje a Rigor, Titãs, Barão Vermelho, Paralamas do Sucesso e RPM lideravam as paradas de sucesso com bom rock nacional. A Trash nunca esqueceu desses artistas e nessa noite especial promoves sets com mais rock brasileiro, sorteio de DVDs e distribuição de 50 LPs dos anos 1980 para os primeiros que chegarem

6/9 – Terça – Pop Trash da Independência
Videokê só com música nacionais
Performances com a Trupe Trash
DJ convidado: Rafael Mariachi
DJs: Chiara Rodello e Catatau
Trash Benê: com 2kg de alimentos não perecíveis (exceto sal ou açúcar), paga-se R$ 15 até à 1h
A véspera do Dia da Pátria recebe mais uma edição da Pop Trash que, além dos hits já conhecidos na pista da Trash 80′s, toca também sucessos e breguices atuais. De Rouge a Spice Girls, de Rosana a Joelma, não esquecendo da boa lambada e do reggaeton. Quem chega cedo participa de um inusitado karaokê, no qual só vale cantar músicas em português. A Trupe Trash arma uma performance especial pra noite.

9/9 – Sexta – Trash Verde e Amarelo
Vestindo verde ou amarelo, paga-se R$ 20 de entrada ou R$ 50 de consumação
Promoção de caipirinha dupla até 1h
Coral trasher em momento ufanista
DJs: Omar e Catatau
Trash Benê: com 2kg de alimentos não perecíveis (exceto sal ou açúcar), paga-se R$ 15 até à 1h
Ainda na semana da Pátria, a Trash 80′s cobre a pista de verde e amarelo. Quem entrar no clima cívico e vestir peças verdes e/ou amarelas ganha desconto na entrada. Um coral formado pelo staff e frequentadores da festa faz uma apresentação única para fortalecer o amor pelo Brasil. E não dá pra ter comemoração sem caipirinha: até 1h da manhã, quem pede uma leva outra.

10/9 – Sábado – Trash Luar do Sertão
Show sertanejo com Luiz Jr e Leandro
DJs: Eneas Neto e Nico
Mostrando que preconceito não entra na Trash, a festa recebe no seu palco uma nova dupla sertaneja que começa a despontar pelo circuito country brasileiro. Luiz Jr e Leandro tocam os clássicos do sertão brasileiro e alguns hits da nova geração. Os DJs Eneas Neto e Nico garantem o ecletismo da noite tocando os sucessos da Trash, pérolas esquecidas e caricatices musicais das últimas décadas, da disco ao pop nacional.

16/9 – Sexta – Banda Trash ao Vivo
A banda que toca o que a Trash adora ouvir e dançar
Blitz Tequila Sauza durante a noite
DJs: Catatau e Omar
Trash Benê: com 2kg de alimentos não perecíveis (exceto sal ou açúcar), paga-se R$ 15 até à 1h
Estreando residência mensal, a banda formada por frequentadores da Trash 80′s sobe ao palco para tocar o que é sucesso na pista do Clube Caravaggio. Os sete integrantes prometem um show empolgante com hits de Kid Abelha, Lulu Santos, Rosana, Wando, Balão Mágico, Trem da Alegria e muito mais. Para elevar ainda mais a temperatura, blitz de tequileiros da Sauza entram na farra durante a noite.

17/9 – Sábado – Roupa Nova 30 anos – Um tributo
Videografia completa
Sorteio de ingressos para o show da banda em São Paulo
Performances com a Trupe Trash
DJs:Eneas Neto e Nico
Nos quase 10 anos de Trash 80′s, se existe uma unanimidade é a devoção pelo sucesso do grupo Roupa Nova. Atualmente em tour comemorativa de seus 30 anos de carreira, a banda brinda os fãs com todos as músicas que não saem da cabeça como “Dona”, “Sapato Velho”, “Show de Rock’n Roll”, “Whisky a Go Go” e tantas outras. Nada melhor que um tributo, na pista, para a banda que é sinônimo de longevidade musical. Para celebrar a passagem por São Paulo, durante a noite a Trash sorteia ingressos para o show da banda.

23/9 – Sexta – MicaTrash
Com abada ou camiseta de qualquer micareta, R$ 20 de entrada ou R$ 50 de consumação
Trupe Trash do Pelô
DJ convidado: Felipe Jaquetinha
DJs: Catatau e Omar
Trash Benê: com 2kg de alimentos não perecíveis (exceto sal ou açúcar), paga-se R$ 15 até à 1h
Alguns jornalistas consideram a Trash como uma micareta  com som dos anos 80, por causa do êxtase que as músicas provocam nos frequentadores da festa, que pulam sem parar, por mais de 6 horas. Reconhecendo as similaridades, por que não adicionar músicas que pegam fogo nos carnavais Brasil afora? A MicaTrash, em sua quinta edição, traz um pouco da energia dos trios elétricos pra dentro do Clube Caravaggio. É o casamento de Ivete Sangalo com Xuxa, do Chiclete com Banana com Cyndi Lauper. Uma mistura que é certeza de diversão durante toda a noite.

24/9 – Sábado – Trash Moral & Cívica
Faça seu protesto no palco
Os professores Amanda Zucchi e Diego Perez coordenam a aula
DJs: Eneas Neto e Nico
Muitos alunos de hoje podem estranhar alguém dizer que teve aula de Educação Moral e Cívica nas escolas. Herança dos militares, a matéria foi excluída dos currículos escolares nas últimas décadas. A Trash revisita esses tempos de uma forma bem-humorada, claro. Também abre o microfone no meio da noite para quem quiser fazer protestos ao vivo. Afinal, a Trash 80′s é a festa mais democrática de São Paulo.

30/9 – sexta – #twittertrash “brasileirinhas” com Katylene X Cleycianne
Telão na pista para dançar tuitando
Participe com a hashtag #twittertrash
DJs: Catatau e Omar
Trash Benê: com 2kg de alimentos não perecíveis (exceto sal ou açúcar), paga-se R$ 15 até à 1h
Depois de um breve recesso, a festas dos tuiteiros está de volta e traz as blogueiras Katylene (Daniel Carvalho) e Cleycianne (Thiago Pereira), para uma batalha nos picapes da Trash, como DJs convidadas. O público presente à festa pode se conectar ao Twitter via Wi-Fi grátis e interagir com mensagens que serão mostradas em dois telões na pista e nas telas LCD nos bares. Quem estiver de fora, pode participar da festa tuitando o que quiser usando a hashtag #twittertrash.